O cinismo de Paulo Guedes e o pecado original

Por Kayque Souza Quando Marx decide mostrar o capitalismo surgindo na história a partir de um processo de acumulação primitiva no qual expropria camponeses, servos, a igreja, etc, além de passar a limpo a ideia de um progresso na história ou de uma universalidade de interesses humanos que teriam um “acordo comum”, ele também passaContinuar lendo “O cinismo de Paulo Guedes e o pecado original”