Acorde: 2 think tanks liberais com influência americana que estão dominando o Brasil

Gabriel Brasileiro Uma estratégia de dominação O recente fortalecimento de George Soros à mídia oposicionista da Polônia traz à tona a estratégia, que não é nova, de dominação política e cultural de uma ideologia com apoio externo [1]. Enquanto país de capitalismo periférico, o Brasil está também totalmente sujeito a isso. Não apenas sujeito comoContinuar lendo “Acorde: 2 think tanks liberais com influência americana que estão dominando o Brasil”

Faça um bem a você mesmo e ao mundo, pare de ver pornografia hoje

Alice Vianna e Heitor Rodrigues Atualmente, 35% de todo o conteúdo baixado da internet é relacionado à pornografia (dado de 2018) [1], sendo a maior parte do conteúdo pornográfico explícito concebido, organizado e criado por homens, para ser posteriormente consumido também por homens (indivíduos adultos do sexo masculino são 543% mais propensos a ver pornografiaContinuar lendo “Faça um bem a você mesmo e ao mundo, pare de ver pornografia hoje”

Não, Sr. Ancap! As contradições do pai do anarcocapitalismo

Neste texto, pretendo argumentar contra o capitalismo usando os argumentos de Murray Rothbard, em “Anatomia do Estado”, no qual ele disserta sobre a composição do Estado e sua gênese histórica. Rothbard inicia o livreto tentando explicar o que não é o Estado. Ele afirma que, diferente do que é propagado para a população, o EstadoContinuar lendo “Não, Sr. Ancap! As contradições do pai do anarcocapitalismo”

Vício em drogas, imperialismo e como o comunismo derrotou ambos

The Weekly Bolshevik (Tradução) Não é segredo que grande parte do mundo ainda sofre de dependência de drogas. De fato, o abuso de substâncias não canibinóides tem uma prevalência anual global entre 1,7% e 3,5% [1]. Embora isso possa não parecer muito, entender isso significa que de 77,38 a 159,31 milhões de pessoas abusam doContinuar lendo “Vício em drogas, imperialismo e como o comunismo derrotou ambos”

Uma farsa chamada Estado de bem-estar social. Entenda

Muitas pessoas, sobretudo alguns “marxistas” que se afirmam pacifistas, tendem a defender como alternativa para o capitalismo não uma mudança drástica na ordem social, mas uma espécie de capitalismo ético, que seria capaz, sem meios violentos, de diminuir consideravelmente as desigualdades e fornecer boas condições de vida para toda a população. Porém, será que éContinuar lendo “Uma farsa chamada Estado de bem-estar social. Entenda”

Não seja mais enganado: Crise venezuelana sem fake news

Gabriel Brasileiro (publicado originalmente em 31/01/2019) PRIMEIRAMENTE, SERIA A VENEZUELA SOCIALISTA? O Estado venezuelano não é socialista. E isso não consiste por si só em uma crítica, certo que, de fato, ele não é. Seria mais justo, portanto, encará-lo como uma experiência que demarca uma tentativa de transição — que falhou —, não como umContinuar lendo “Não seja mais enganado: Crise venezuelana sem fake news”

Vale em Brumadinho: Capitalismo mata

Gabriel Brasileiro (publicado originalmente em 26/01/2019) NOMEANDO O BOI QUE SE DESTACA NA MANADA É de conhecimento público o mais novo desastre ambiental que assolou a população mineira. Após Mariana, era esperado que houvesse uma melhora na regulação e fiscalização ao ponto de não haver mais desastres desse tipo, pelo menos neste século, e queContinuar lendo “Vale em Brumadinho: Capitalismo mata”

O armamento do povo é uma demanda revolucionária, não deixe o Estado te desarmar: Uma resposta aos liberais desarmamentista do Mercado Popular

Gabriel Brasileiro (publicado originalmente em 23/01/2019) “A única garantia possível de democracia é um fuzil no ombro de cada trabalhador”, dizia Lênin. Embora essa frase carregue verdades, ela possui um teor romantizado. Certo que a liberação indiscriminada de armas de fogo pode gerar convulsões sociais prejudiciais a própria classe trabalhadora, assim como a restrição radical tambémContinuar lendo “O armamento do povo é uma demanda revolucionária, não deixe o Estado te desarmar: Uma resposta aos liberais desarmamentista do Mercado Popular”

Se você ama a humanidade, seja comunista

Arthur D’Elia (publicado originalmente em 05/01/2019) “Se escolhermos a posição na vida a qual podemos trabalhar pela humanidade, nenhum encardo irá nos pôr para baixo, pois esses encargos são sacrifícios pelo bem de todos, então não experimentaremos alegria mesquinha, limitada e egoísta, mas nossa felicidade irá pertencer à milhões, viveremos de ações silenciosas mas emContinuar lendo “Se você ama a humanidade, seja comunista”

Uma brevíssima introdução ao materialismo histórico

Vinícius Fontoura (publicado originalmente em 27/11/2018) Muito se fala sobre a base principal de análise e crítica marxista da sociedade, o materialismo histórico – em Marx e Engels chamado de concepção materialista da história. Mas o que é e para o que serve?A principal obra a tratar do materialismo histórico é A Ideologia Alemã, livro emContinuar lendo “Uma brevíssima introdução ao materialismo histórico”